MPB

sábado, 18 de dezembro de 2010

Atriz perde guarda do filho por trabalhar no Teatro Oficina, classificado como pornográfico.

Oia_NoisTravez: Atriz perde guarda do filho por trabalhar no Teatr...: "Redação Consciência.Net 17 dez 2010 Uma carta de José Celso Martinez Corrêa, o Zé Celso, notável criador do Teatro Ofi..."

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Abaixo-assinado Saúde do Trabalhador no Governo Dilma

Participe dessa ação em pró a Saúde do Trabalhador, divulgue para seus contatos...

Abaixo-assinado Saúde do Trabalhador no Governo Dilma

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Cenas de violência contra os sem-teto em desocupação no Rio de Janeiro...


A desocupação de um antigo prédio do INSS no Rio de Janeiro foi promovida pela Polícia Militar na segunda-feira (13). Os sem-teto que permaneciam no local desde 2007 acusam a força policial de abusos e ação violenta, embora a corporação negue excessos e sustenta não ter ocorrido queixas formais.
Leia mais na Rede Brasil Atual...




"Ao fim dos 8 anos" ...Por Frei Betto.

Ao fim de 8 anos de governo, Frei Betto diz: "Obrigado, Lula"

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

O Presidente Lula fala sobre momentos marcantes e revela curiosidades dos oito anos de governo.

70 anos - Sindicato dos Bancarios de SP - 5ª , 6ª e 7ª PARTE.







70 anos - Sindicato dos Bancários de SP. - 3ª e 4ª PARTE









Mais uma pane no Metrô deixa milhares de usuários prejudicados.

Estações fechadas com grades, filas e empurra-empurra. A volta para casa do paulistano na última sexta-feira (10/12) foi prejudicada por uma pane geral da Linha 3-Vermelha do Metrô. Desta vez, a companhia alega que a paralisação foi provocada por uma falha em um sistema de via entre as estações Patriarca e Artur Alvim. Ainda, segundo o Metrô, os trens circularam em velocidade reduzida e maior intervalo de parada das 16h50 às 20h41.

A demora na chegada dos trens fez com que plataformas ficassem lotadas e as estações da Linha 3-Vermelha restringiram a entrada. Na estação Anhangabaú, havia uma fila desorganizada para entrar na estação, que só se normalizou às 21 horas e a superlotação foi tanta que o Metrô teve de aumentar o intervalo entre os trens também nas linhas 1-Azul e 2-Verde.

Inicialmente, a circulação de trens sofreu atrasos em um trecho de nove estações, entre Sé e Patriarca. Com o passar do tempo, mais passageiros chegaram às estações e o problema foi se espalhando por toda a rede.

Na Estação da Sé, as escadas rolantes que desciam até as bilheterias foram desligadas. Só duas catracas estavam liberadas. Com um megafone, um funcionário explicava o que estava acontecendo, por volta das 19h20, enquanto ouvia protestos dos passageiros.

Diariamente, cerca de 300 mil pessoas utilizam a Linha 3-Vermelha no horário de pico da tarde. O Metrô não informou o número de passageiros afetados e se recusou a detalhar as causas da pane.

Até às 22h, o intervalo entre os trens na Linha 1-Azul ainda era de três minutos (quando o normal é um e meio).

Esta é a 44ª pane

De dezembro de 2007 até hoje, já foram registradas 44 panes graves nas linhas do metrô paulista(veja quadro abaixo).

*com informações dos jornais JT e Agora

Leia mais...