MPB

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Coisas que gosto de ver, ouvir e compartilhar - "Baú do Casé"

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Coisas que gosto de ver, ouvir e compartilhar - "Baú do Casé"

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Debate com Luís Nassif, Manuela D'Ávila, Rogério Santana e outros


 Centro de Estudos Barão de Itararé [contato@baraodeitarare.org.br]
 Debate com Luís Nassif, Manuela D'Ávila, Rogério Santana e outros

O jornalista Luis Nassif, a deputada federal Manuela D'Ávila e o presidente da Telebrás, Rogério Santanna, participam neste sábado, 26 de fevereiro, do debate "Internet: Acesso Universal e Liberdade da Rede". O evento será promovido pelo Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, em São Paulo, na sede do Sindicato dos Bancários. Neste mesmo dia será lançada a campanha BANDA LARGA É UM DIREITO SEU! Uma ação pela Internet barata, de qualidade e para todos, organizada por dezenas de entidades da sociedade civil.
O objetivo do Seminário é discutir, em duas mesas, os principais desafios que o Brasil deve enfrentar para garantir uma internet rápida, barata e de qualidade para todos, com liberdade de expressão. A primeira mesa, "A Luta por uma Internet Livre e os Ataques Conservadores à Rede", contará com os professores Sérgio Amadeu e Marcos Dantas, além de Nassif e Manuela.
Já a mesa da tarde, "O Plano Nacional de Banda Larga e a Luta pela Universalização da Internet no Brasil", terá como debatedores Rogério Santanna — que detalhará os planos da Telebrás para a área —, Percival Henrique, da Associação Nacional pela Inclusão Digital e membro do Conselho Gestor da Internet no Brasil, e da jornalista Renata Mielli (Barão de Itararé).
"A internet tem sido um fator importante para promover maior diversidade e pluralidade na comunicação", afirma Renata. "Lutar para que o acesso à rede seja universalizado, acabando com a exclusão digital, e defender a liberdade de expressão são bandeiras estratégicas de todos que lutam por uma comunicação e uma sociedade mais democráticas."
Segundo a secretária-geral do Centro Barão de Itararé, "é preciso que as pessoas tomem conhecimento dos ataques que a internet está sofrendo e se mobilizem contra tais iniciativas, no Brasil e no mundo. Ao lado disso, é preciso exigir do Estado políticas públicas de acesso a internet — barata, de qualidade e para todos".
O valor da inscrição para o debate é de R$ 20,00 e deve ser feita pelo e-mail: contato@baraodeitarare.org.br ou pelo telefone 11 3054-1829. Na ocasião, haverá o lançamento do gibi Eu Quero a Banda Larga, produzido pelo Barão de Itararé.
PS. O endereço correto é Rua São Bento, 413 - Ed. Martinelli - Centro - São Paulo/SP

Danielle Penha
Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé
11 3054-1829
11 3054-1848 fax
contato@baraodeitarare.org.br
Acessem: www.baraodeitarare.org.br

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Itaú lucra R$ 13,3 bi em 2010 e bate recorde do setor bancário

Pessoal,
O Itau com um lucro de mais de 13 bilhões por ano, dá para pensar um bocado de coisas...
por exemplo: "nunca na história deste país, um banco ganhou tanto dinheiro"...
e estes reacionários ainda falam tanta baixarias contra Lula...pelo menos, Roberto Setúbal tem elogiado muito.

Gilmar Carneiro.  
 22/02/2011   -   08h45
O lucro do Itaú Unibanco cresceu 32,3% em 2010, para R$ 13,3 bilhões, de acordo com informações divulgadas pelo banco nesta terça-feira. O resultado ultrapassa os números do Banco do Brasil (R$ 11,7 bilhões) e se consolida como o maior lucro da história do setor bancário no país --de acordo com a consultoria Economatica. Em 2009, o lucro foi de R$ 10,1 bilhões.
O resultado recorrente somou R$ 13 bilhões no ano passado, aumento de 24,1 % na comparação com o ano anterior (R$ 10,5 bilhões). No quarto trimestre, o lucro líquido recorrente foi de de R$ 3,4 bilhões, alta de 20,9 % sobre o mesmo período de 2009.

Lucro do Banco do Brasil cresce 15,3% em 2010, para R$ 11,7 bi
PanAmericano divulga balanço confirmando rombo de R$ 4,3 bi
Lucro do Bradesco cresce 25,1% em 2010, para R$ 10,022 bi
Santander lucra R$ 7,382 bi no Brasil; recorde do banco no país


O Bradesco foi o primeiro grande banco a divulgar os resultados, em 31 de janeiro. Em 2010, o banco apurou um lucro líquido contábil de R$ 10,02 bilhões, com um incremento de 25,1% na comparação com 2009 (de R$ 8,012 bilhões). O Santander anunciou no dia 3 de fevereiro que fechou 2010 com lucro líquido de R$ 7,382 bilhões, ante os R$ 5,508 bilhões de 2009. A Caixa Econômica Federal, apoiada no crédito habitacional fechou 2010 com lucro líquido de R$ 3,8 bilhões, alta de 25,5% ante o ano anterior.
A carteira de crédito do Itaú Unibanco, maior banco privado do país, terminou o ano passado em R$ 335,5 bilhões em 31 de dezembro, alta de 20,5% em 12 meses e acréscimo de 7,1% em relação ao saldo do terceiro trimestre. O crédito à pessoa física cresceu 18,3% em 2010, para R$ 127,1 bilhões. Os segmentos que se destacaram na carteira foram: veículos (15,1%) e crédito imobiliário (53,7%).
Nos financiamentos para empresas, a carteira cresceu 21,8%, para R$ 193,95 bilhões. Os empréstimos para grandes empresas tiveram aumento de 15,6% no ano, e, os para as micro, pequenas e médias empresas subiram 31,2% no período.
Já o índice de inadimplência total, que considera as operações com atraso de mais de 90 dias, ficou em 4,2 % ao final do ano passado, comparado a 5,6 % em dezembro de 2009.
O Itaú Unibanco tinha em dezembro R$ 755,112 bilhões em ativos, avanço de 24,1 % sobre o final de 2009.

Veja os maiores resultados do setor na história:

1º Itaú Unibanco - R$ 13,3 bilhões (2010)
2º Banco do Brasil - R$ 11,7 bilhões (2010)
3º Banco do Brasil - R$ 10,1 bilhões (2009)
4º Itaú Unibanco - R$ 10,06 bilhões (2009)
5º Bradesco - R$ 10,02 bilhões (2010)
6º Banco do Brasil - R$ 8,8 bilhões (2008)
7º Itaú - R$ 8,4 bilhões (2007)
8º Bradesco - R$ 8,01 bilhões (2009)
9º Bradesco - R$ 8,01 bilhões (2007)
10º Itaú - R$ 7,8 bilhões (2008)